Após 2 horas de perseguição no mar, três moradores de Ilhabela são presos em flagrante no Refúgio de Alcatrazes

Após 2 horas de perseguição no mar, três moradores de Ilhabela são presos em flagrante no Refúgio de Alcatrazes

Os envolvidos estão detidos na sede da Polícia Federal desde a tarde de ontem (19), quando foram flagrados por agentes do ICMBio no Refúgio de Alcatrazes


O flagrante aconteceu dentro da área de preservação do Refúgio, que se localiza aproximadamente a nove quilômetros da ilha de Alcatrazes. Os três infratores estiveram envolvidos na tentativa de fuga por quase duas horas, e foram contidos após ficarem sem combustível.


Os envolvidos foram conduzidos a Polícia Federal e permanecem detidos aguardando audiência de custódia. A Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, ainda notificou o suposto proprietário da embarcação, pela falta de documentação, identificação e equipamentos de segurança. A embarcação também, não possuía dotação para navegação em mar aberto, quesito obrigatório para navegação em Alcatrazes.


As infrações administrativas foram tanto pela pesca, poluição ambiental e dificultar a fiscalização, uma vez que os autuados lançaram vários objetos no mar durante a perseguição, totalizando em mais de 90 mil reais de multa aos três infratores. A embarcação permanece apreendida até o julgamento dos autos de infração.
Os autuados foram alvo anteriormente de diversas denúncias pela população, sendo um deles já reincidente. A fiscalização suspeita que a pesca irregular em Alcatrazes abasteça restaurantes de Ilhabela e São Sebastião.