Após Anvisa proibir importação da Sputinik, Colucci busca alternativa para vacinar moradores de Ilhabela

Após Anvisa proibir importação da Sputinik, Colucci busca alternativa para vacinar moradores de Ilhabela

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, garantiu que as tratativas para a compra de vacinas para imunizar a população do arquipélago continuam em andamento.


Vamos em busca de outros laboratórios cujas vacinas sejam aprovadas pela Anvisa. Nosso objetivo é comprar vacinas e imunizar nossa população do público alvo”

disse o prefeito.


Ilhabela tinha assinado um pré-contrato com o laboratório responsável pela vacina russa Sputnik V, porém a Anvisa rejeitou o pedido de autorização excepcional para a importação. “Não tivemos acesso ao relatório emitido ela Anvisa. Aceitamos a decisão do órgão técnico, mas nos causa estranheza pelo fato de países vizinhos estarem usando a vacina russa em suas campanhas de vacinação”, ressaltou.

Agora, o município assinou uma carta de intenção para a compra da vacina Covishield com o Instituto Serum da Índia. Esta vacina, inclusive, já foi aprovada pela Anvisa.