Com orientação ambiental, Prefeitura de Ilhabela amplia em 43% a coleta de lixo reciclável

Com orientação ambiental, Prefeitura de Ilhabela amplia em 43% a coleta de lixo reciclável

As equipes que atuam na coleta dos resíduos recicláveis em Ilhabela tem coletado muito mais materiais do que o previsto. Nos últimos três meses, funcionários da Electra Ambiental, empresa contratada pela Prefeitura de Ilhabela, coletaram em média 195 toneladas de materiais recicláveis por mês, 60 toneladas a mais do que o previsto no contrato com o município.

Segundo Gilmar de Souza, supervisor da empresa em Ilhabela, o aumento na coleta se deu, principalmente, pelo trabalho de educação ambiental promovido pela equipe de agentes ambientais que atuam na cidade. 

De acordo com ele, os cinco agentes ambientais analisam os principais pontos em que os resíduos são dispostos de forma errada por moradores, normalmente misturados ao lixo orgânico. Gilmar conta que, uma vez que os materiais recicláveis são contaminados pelo lixo orgânico, passam a ser inutilizáveis na reciclagem.

Atualmente a empresa conta com três equipes de coleta. No período da manhã os coletores fazem a remoção dos recicláveis nos pontos de maior descarte, o que engloba a parte comercial e supermercados. Já no período da tarde os colaboradores realizam a coleta em loais de difícil acesso e ao longo das avenidas.

Segundo Gilmar, o trabalho dos 15 moradores de Ilhabela que atuam na coleta de materiais recicláveis poderia ser ampliado, mas isso depende fundamentalmente da colaboração da população, que muitas vezes faz o descarte de forma irregular, não respeitando os dias e horários de coleta. Com isso, muitas vezes os materiais recicláveis acabam se misturando aos resíduos úmidos e coletados como lixo comum.