Conheça a atuação de Nenê junto a Corrente do Bem Ilhabela

Conheça a atuação de Nenê junto a Corrente do Bem Ilhabela

A Corrente do Bem teve início em Ilhabela com uma grande referência, a “eterna” Maria do Frade, que tinha forte atuação social na cidade. Wildson Rezende Bezerra da Silva, mais conhecido como Nenê, que hoje está à frente do projeto, é caiçara e pai da Maria Gabriela Calixto. 

“Fui segurança no Frade há uns 16 anos atrás e trabalhava com a Maria do Frade. Meu incentivo veio dela. Uma vez a Maria me chamou pra uma ação social e acabei gostando e participei uns cinco anos dessas ações!”.

A Corrente do Bem surgiu em 2015 após um coletor de lixo na cidade que passava necessidade questionar “Nenê” sobre onde procurar ajuda. “Ele sabia que eu fazia essas ações no passado e por isso me procurou. Deus me tocou e nesse dia consegui arrecadar quatro cestas básicas. Foi a partir daí que comecei a praticar e fazer o bem, batizando o projeto como Corrente do Bem Ilhabela”.

Atualmente, além do apoio dos moradores, existe um grupo de whatsapp com 10 pessoas que se mobilizam para arrecadar os alimentos e itens necessários às famílias. Assim que se posta nas redes sociais, a população começa a se mobilizar para ajudar.

A pandemia causada pelo coronavírus foi um dos principais desafios do programa. Nenê conta que como ninguém saía de casa e com a alta de desempregos na cidade o Corrente do Bem conseguiu ajudar cerca de 500 famílias.

“É uma sensação única quando a gente chega com alimento na casa da família. É uma emoção pura e não dá para explicar. Só quem está do lado, passando junto com as famílias, sente a emoção. É uma sensação de dever cumprido, uma vitória. Eu me sinto vitorioso. É um troféu para uma família”, se orgulha Nenê.

O nome Corrente do Bem já diz tudo sobre a ação. A ideia é que quem já recebeu uma ajuda possa ajudar ao próximo também em algum momento. “Precisamos de pessoas assim, que ajudem os outros. Vamos ajudar o próximo. Queremos Ilhabela bem, sempre bem”, finaliza.