Mesmo com doses faltando, Ilhabela lidera ranking de vacinação contra a Covid-19 na região

Mesmo com doses faltando, Ilhabela lidera ranking de vacinação contra a Covid-19 na região

O Governo do Estado de São Paulo divulgou nesta quinta-feira (8), o Ranking de aplicação de doses das vacinas contra a covid-10 distribuídas para os 645 município do Estado. Os números apontam a eficiência da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhabela.

De acordo com a classificação, Ilhabela apresenta o melhor desempenho dentre as quatro cidades do Litoral Norte. Segundo o Programa de Imunização do Governo do Estado, o arquipélago já aplicou mais de 88% das doses recebidas.

Até o momento, Ilhabela recebeu 4.642 doses de vacinas e imunizou 4.094 pessoas. Com 88,19% das vacinas aplicadas, o arquipélago ocupa a 289ª posição no ranking.

Em segundo lugar, 65 posições atras de Ilhabela, aparece a cidade de São Sebastião. Em 354º lugar no ranking, o município aplicou 86,01% das doses distribuídas. Até o momento, a prefeitura da cidade recebeu 10.639 doses de imunizantes e vacinou 9.151 moradores.

Ubatuba aparece em terceiro lugar com 79,99%. Na 505ª posição no ranking do Estado de São Paulo, a cidade recebeu até o momento 13.241 doses e vacinou 10.592 moradores.

Em último lugar aparece Caraguatatuba com com 76,43%. A cidade ocupa a 561ª posição no ranking, dentre os 645 município paulistas. Até a manha de hoje, a prefeitura de Caraguá recebeu 20.679 doses de imunizantes e vacinou 15.804 pessoas.

Segundo o Governo do Estado, as vacinas contra COVID-19 são disponibilizadas em frascos multidoses e as remessas viabilizadas pelo Ministério da Saúde para o Estado e distribuídas para Prefeituras e levam em conta o arredondamento de doses. 

Frascos com doses faltando

Na tarde de ontem, o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci registrou um boletim de ocorrência pelo envio de frascos de vacina com quantidades menores que as informadas pelo Programa de Imunização do Estado.

Segundo o prefeito, cada frasco contém 10 doses, porém a cidade registrou oito frascos com doses abaixo do divulgado. Alguns frascos vieram com oito doses e as notificações foram encaminhadas ao Centro de Vigilância Sanitária do Estado.

A Secretaria de Saúde de Ilhabela tem recebido doses insuficientes de vacinas para aplicar no público alvo da campanha estadual.

Até o momento, a cidade recebeu 4.642 doses e aplicou 4.140, sendo 2.941 de 1ª dose e 1.219 de 2ª dose. As doses restantes (482) são destinadas, na maioria, para segunda dose de idosos.

Para se ter uma ideia, o Estado anunciou a liberação da vacina para idosos de 68 anos. Ilhabela recebeu 180 doses e para aplicar em 100% deste público alvo seriam necessárias 235 doses.

“Não dá para entender o critério do Governo do Estado. Enquanto tem cidades recebendo doses de acordo com o público e atingiram 20% de aplicação, as cidades do Litoral Norte estão recebendo doses insuficientes. Hoje nosso déficit é de pelo menos 1,5 mil doses. Além disso, os frascos estão chegando com menos de 10 doses, isso é grave e por isso estamos nos resguardando registrando boletim de ocorrência. Queremos transparência”, disse Colucci.

Base de dados

O percentual de consumo é calculado com base nas doses aplicadas em função das doses distribuídas para cada município e segundo a Secretaria de Estado da Saúde, pode variar conforme o aproveitamento dos frascos.

As informações são da Plataforma Vacivida e do Sistema GSNET da Secretaria de Estado da Saúde. As informações são preliminares e estão sujeitas à avaliação e as bases são constantemente avaliadas e harmonizadas para verificação de consistência pela fonte responsável, principalmente em relação à atualização dos dados.