TRE reconhece legalidade e libera divulgação de pesquisa em Ubatuba! Flávia e Sato estão empatados

TRE reconhece legalidade e libera divulgação de pesquisa em Ubatuba! Flávia e Sato estão empatados

A eleição em Ubatuba será decidida, no dia 15 de novembro, voto a voto entre os candidatos Sato (PSD) e Flávia Pascoal (PL), de acordo com pesquisa estimulada divulgada nesta sexta-feira, dia 6, pela GOVNET/OPI- NIÃO PESQUISA. A nove dias da eleição os dois can- didatos monopolizam a campanha eleitoral na cidade e estão empatados tecnicamente, com uma diferença de apenas 1 ponto percentual. Sato tem 22% das intenções de votos e Flavia Pascoal 21%.

Na tarde desta terça-feira (10), o juiz eleitoral Fabrício José Pinto Dias, reconheceu a legalidade da pesquisa realizada pela GovNet Opinião e Pesquisa/Tribuna do Povo e liberou a divulgação dos dados.

Todos os outros candidatos estão muito atrás, com menos de dois dígitos, e num cenário de empate técni- co coletivo, levando em conta que a margem de erro da pesquisa é de 4,9 pontos percentuais, para mais ou para menos. Gady Gonzalez aparece com 6%, Alex da Saúde 5,0%, Maurício 4%, Claudinei Salgado e Nuno têm tam- bém aparecem com 4%, Prof. Arnaldo 3%, Gilson Rocha 2,0%, Ednelson Prado 1%, Léo Cipolli 1%, Anderson Tato do Mercado 1,0%, Pedrão da Guivale 1% e Marcelo Mungioli 0%. O percentual de pessoas que anularia ou não votaria em nenhum ficou em 8% e o de indeciso ou que não sabem foi de 18%.

De acordo com o levantamento, a eleição será decidi- da entre Sato e Flavia por uma diferença muito pequena de votos. Os outros candidatos aparecem muito distante e estão todos empatados tecnicamente.

Espontânea

Já na pesquisa espontânea, quando não são apresenta- dos os nomes dos candidatos que concorrem à eleição, e é perguntado ao eleitor “Se a eleição para Prefeito de Uba- tuba fosse hoje, em quem você gostaria de votar? Sato foi citado por 18,3%, Flavia Pascoal aparece em seguida com 10,3%, Gady Gonzalez 4,3%, Alex da Saúde e Nuno apare- cem empatados com 2,5%, Claudinei Salgado 2,3%, Prof. Arnaldo 2,0%, Maurício 1,5%, Ednelson Prado 1,3%, Gil- son Rocha 0,5%, Léo Cipolli 0,3%, outros 1,0%, anularia/ nenhum 11,8% e indeciso/não sabe 41,8%.

Foram ouvidos 400 eleitores entre os dias 2 a 3 de no- vembro. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro, de 4,9 pontos percentuais, para mais ou para menos. O le- vantamento foi realizado pela GOVNET/OPINIÃO PES- QUISA e está registrado sob o número SP-08863/2020.

Rejeição

Outros dados coletados pela pesquisa realizada em Ubatuba mostram a rejeição dos candidatos.

Quando perguntados “Em quais desses nomes, você não votaria de jeito nenhum para Prefeito de Ubatuba na eleição desse ano?”, o candidato Sato é o pior avaliado com 18,3% dos votos. Já Flávia Pascoal apresenta uma rejeição muito menor dentro do eleitorado, com apenas 10,3%.

Metodologia de pesquisa: Pesquisa quantitativa com aplicação de questionários estruturados através de entrevistas pessoais domici- liares junto a uma amostra aleatória, proporcional e representativa do eleitorado do Município de UBATUBA, com 16 anos ou mais, baseando-se na divisão dos setores censitários do município pelo Censo IBGE 2010, e na divisão do eleitorado local por sexo e idade definida pelo TSE.