Após dois anos de afastamento, Justiça autoriza Márcio Tenório a retornar a Prefeitura de Ilhabela

Após dois anos de afastamento, Justiça autoriza Márcio Tenório a retornar a Prefeitura de Ilhabela

Uma decisão do juiz de Ilhabela, Dr. Victor Hugo Aquino de Oliveira, publicada no Diário da Justiça de ontem (7), liberou o ex-prefeito Márcio Tenório a retomar suas atividades como funcionário público na prefeitura municipal.

Em maio, o prefeito Toninho Colucci chegou a suspender os pagamentos de salários de Tenório e mais três funcionários públicos municipais. Também foi aberta uma sindicância para exonerar os servidores.

Colucci lamentou a decisão da justiça. “Assim que assumi a Prefeitura de Ilhabela tomei todas as medidas possíveis para exonerar esse pessoal que estava ganhando dinheiro público há dois anos sem trabalhar. Chegamos a suspender os salários e a abrir Sindicância para mandar todo mundo embora, mas infelizmente à Justiça teve um entendimento diferente, autorizando os réus a retornarem ao serviço público”, afirmou Colucci.

Tratam-se de réus indiciados pela Polícia Federal por diversos crimes, dentre eles corrupção passiva, fraude a licitações, organização criminosa e falsidade ideológica.

De acordo com um documento a que tivemos acesso, o servidor Antonio Ganasevici Teixeira, conhecido como “Português” foi inocentado após as investigações. Segundo consta, a Polícia Federal retirou as acusações contra “Português” após avaliar que o servidor não teve envolvimento no esquema de corrupção.

Já o ex-prefeito Marcio Batista Tenório, Fernando Ubiurajara Leite Clementino e  Valdemir Oliveira Almeida foram o indiciados e são réus no processo criminal.