Após dois anos Prefeitura de Ilhabela retoma atendimento em creches para crianças de 1 a 2 anos

Após dois anos Prefeitura de Ilhabela retoma atendimento em creches para crianças de 1 a 2 anos

Com essa iniciativa a cidade atenderá 100% de cada fase escolar

É hora de aprender brincando! A Prefeitura de Ilhabela pioneira no país no retorno das aulas presenciais, divulgou nesta quarta-feira (29), o retorno de bebês de 1 a 2 anos, nas creches municipais a partir do dia 3 de janeiro.

Para o prefeito Toninho Colucci o retorno dos bebês para as creches, beneficiam às famílias. “Uma das prioridades do nosso Governo é a Educação. Ilhabela fez um trabalho brilhante na retomada das aulas presenciais, que envolveu diversas ações, como testagens semanais e a prioridade de vacinar os professores da rede municipal. Agora com o atendimento de 100% das creches municipais, os pais, principalmente os que ainda não conseguiram voltar ao mercado de trabalho, poderão deixar seus filhos com segurança nas escolas e ir em busca de uma recolocação e aproveitar a alta temporada para garantir o sustento de suas famílias”, declarou.

São cerca de 350 crianças que iniciarão a vida escolar na segunda-feira (3), sendo 153 matriculadas nos Primeiros Passos e 196 no maternal I (essas matriculadas no ano passado, mas que devido à pandemia não puderam ingressar). “Estamos muito felizes com o retorno das crianças de 1 a 2 anos. Nos preparamos muito para a chegada desse momento. Agora elas poderão aprender brincando com atividades lúdicas e pedagógicas, que são fundamentais para o desenvolvimento durante a primeira infância”, destacou a secretária de Educação, Lídia Sarmento.

O atendimento nas creches municipais é integral de segunda a sexta-feira, sempre das 7h30 às 17h.

Lista de espera

A Secretaria de Educação informa que para ingressar nas creches municipais, os pais ou responsáveis devem comparecer no setor de matriculas, quando a criança completar 11 meses de vida para inserção na lista de espera e fornecer os seguintes documentos: certidão de nascimento da criança, comprovante de endereço e o RG da mãe ou do pai, para ser inserida na lista de espera.

As famílias serão contactadas pelo setor de matrículas conforme a disponibilidade de vagas para a efetivação da matrícula.

O setor de matrículas fica na sede da Secretaria de Educação, na avenida São João, 277 – Perequê.