Após sete meses, professor Antonio Cornélio deixa secretaria a Serviços Urbanos em Ilhabela

Após sete meses, professor Antonio Cornélio deixa secretaria a Serviços Urbanos em Ilhabela

Hoje pela manhã, em reunião com secretários municipais e vereadores, aconteceu um café da manhã na Prefeitura de Ilhabela como forma de agradecimento pelo empenho, dedicação e parceria do “nosso querido Professor Cornelio, que deixa hoje, por questões particulares, o cargo de Secretário de Serviços Urbanos Municipais”, afirmou o prefeito Toninho Colucci.

Antônio Cornélio de Moraes Filho tem seu nome marcado na história de Ilhabela. Foi empossado como vereador em 1973, fez parte da Mesa Diretora como 1º Secretário até março de 1975. Professor Cornélio teve seu mandato extinto no ano de 1976. Retornou a Casa de Leis como vereador em 1977, desta vez como Presidente da Câmara até fevereiro de 1981. Em em 1997 foi eleito vice-prefeito de Ilhabela, cumprindo os quatro anos de mandato juntamente com a prefeita Nilce Signorine.

Após se aposentar das atividade ligadas a sala de aula, professor Cornélio continuou na vida pública, revolucionando o sistema de ensino em Ilhabela como secretário de Educação do ex-prefeito Manoel Marcos. Atuou como secretário de Desenvolvimento Social na prefeitura de Caraguatatuba e depois retornou a Ilhabela para assumir a secretaria de Esportes ao lado do prefeito Toninho Colucci em seu segundo mandato.

Ao lado da secretária de Educação Lidia Sarmento, Cornélio disputou as eleições como candidato a vice-preito em 2016, terminando em segundo lugar. Desde janeiro, o “professor” ocupava a Secretaria de Serviços Urbanos de Ilhabela, onde se dedicou muito para corrigir erros do passado.

Toninho Colucci classificou Cornelio como amigo pessoal de longa data. “Um parceiro dentro da vida política e pública, um grande líder que tem muito a nos ensinar, principalmente quando o assunto é atender aos anseios dos munícipes. Ele é uma pessoa apaixonada pelo serviço público, pelo atendimento e zelo à população. Fará muita falta para nosso Governo”, destacou o prefeito, que finalizou agradecendo: “Obrigado, Cornelio! E como disse pessoalmente, este não é um adeus; mas sim um até breve. Estamos sempre juntos!”