Cachorro morre acorrentado é responsável é multado em R$18 mil em São Sebastião

Cachorro morre acorrentado é responsável é multado em R$18 mil em São Sebastião

Durante operação “DIA MUNDIAL DA ÁGUA”, uma equipe da Polícia Militar Ambiental de São Sebastião foi solicitada pela zoonoses municipal,  para averiguar uma ocorrência de maus-tratos no bairro Varadouro. No local, em um galpão com aparência de abandono, os militares visualizaram um animal morto em avançado estado de decomposição, o cachorro sem raça definida estava preso a uma corrente. 

A equipe de zoonoses informou aos militares que mais duas fêmeas foram resgatadas por moradores da região, e se encontravam em uma clínica veterinária recebendo os cuidados necessários, visto o elevado estado de desnutrição, desidratação e parasitas. 

Os policiais localizaram o responsável, que alegou tratar dos animais quando pode, e que o cachorro morto já estava doente. Diante a constatação de maus-tratos o responsável foi conduzido ao Distrito Policial, e responderá pelo crime ambiental em liberdade. 

Na parte administrativa foi elaborado o auto de infração pela Polícia Militar Ambiental, com base no artigo 29 da resolução SIMA 05/21, por praticar ato de maus-tratos a animal, com agravante da morte do cachorro, com multa no valor de R$ 18.000,00. A equipe de zoonoses elaborou termo de apreensão dos animais e auto de infração municipal.

Denúncias podem ser feitas pelos telefones 190 e (12) 3886-2200 da Polícia Militar Ambiental de São Sebastião .