Com superlotação, vereador LeLéco Augusto​ solicita estudos para construção de um novo cemitério em Ilhabela

Com superlotação, vereador LeLéco Augusto​ solicita estudos para construção de um novo cemitério em Ilhabela

Devido a falta de espaço para novas sepulturas, o vereador Alexander Augusto (Leleco Augusto – DEM) recomendou a Prefeitura de Ilhabela a construção de um novo cemitério na cidade. 

Segundo o parlamentar “há alguns anos a população sofre com a falta de jazigos no cemitério, que está quase totalmente ocupado, não havendo mais espaço para serem construídas novas campas”. 

Leleco destacou ainda estar ciente da complexidade das normas e exigências que envolvem a construção de um novo cemitério municipal, sendo de extrema importância e fundamental a realização de um estudo prévio.

Ampliação

Recentemente a Prefeitura de Ilhabela abriu um processo licitatório para a ampliação do Cemitério da Vila. A licitação está em andamento e prevê a construção de 20 gavetas infantis, 105 gavetas adultas e 303 ossários divididos em dois blocos, além de um tanque de necro chorume.

Outras demandas

Instalação de guia – Leleco indicou a instalação de guia na Rua Cilso de Godoy, no bairro Reino. A guia está localizada em frente de lixeiras totalmente destruídas, colocando em risco a segurança dos moradores que ali transitam, sendo necessário providenciar o reparo da mesma.

Pavimentação -Leleco recomendou a pavimentação da Rua Benedito de Paula Cassiano, na altura do n° 97, no Bairro Reino. O serviço é de extrema importância, considerando que nos períodos chuvosos o trajeto fica em péssimo estado, colocando em risco a segurança dos moradores.

Pavimentação e limpeza – Leleco ainda indicou a realização do serviço de limpeza, capina e pavimentação nas ruas Seis e Oito, no bairro Siriúba. Para o Vereador, o pedido é pertinente, visto que as ruas apresentam mato muito alto, propiciando a criação de animais peçonhentos e a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Além disso, nos períodos chuvosos o trajeto fica em péssimo estado, dificultando a circulação dos moradores.