DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Conheça a história de Cláudia Paes e a força da mulher caiçara  

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Conheça a história de Cláudia Paes e a força da mulher caiçara  

Maria Cláudia Silva Paes de Barros, ou simplesmente Claudinha da Delegacia nasceu em 05 de novembro de 1970. Caiçara, filha de Benedita Pinho da Silva e Clementino Faustino da Silva, Claudinha como é carinhosamente conhecida, é casada com o 1º sargento do Corpo de Bombeiros de Ilhabela, Cláudio Paes de Barros; com quem tem uma filha, Maria Julia Silva Paes de Barros.

Em 1993, passou a integrar o quadro de funcionários da Policia Civil de Ilhabela, ocupando o cargo de investigadora. O investigador da polícia civil é o responsável por coletar evidências, entrevistar testemunhas, buscar provas e indícios que possam apontar o autor de um crime, assim como pessoas relacionadas ao mesmo. Assim que as investigações sobre um crime começam, o investigador entra em cena.

Com sua garra e determinação, Claudinha esteve à frente da solução dos mais relevantes crimes da cidade, sendo exemplo para diversas outras mulheres. Conquistou seu espaço e ganhou o reconhecimento pelo seu profissionalismo, exercendo um trabalho bastante minucioso que exige grande responsabilidade profissional.

Por muitos anos, Claudinha trabalhou no DETRAN da cidade, onde conquistou o carisma da população por toda sua atenção e cuidado com as pessoas. Sempre muito prestativa não media esforços para que o problema fosse solucionado.

Ao longo dos quase 30 anos de profissão, Claudinha tem uma vasta bagagem de conquistas e superações que nos faz refletir sobre a importância da presença das mulheres na segurança pública, trazendo um elo de sensibilidade para lidar com os conflitos sociais, fazendo um paralelo ao uso da força.

Destacamos que a mulher é uma profissional com diversas habilidades, capaz de acrescentar muito nos trabalhos realizados em qualquer instituição. A visão feminina é ampla e sensível.

Às vezes o momento requer sutileza e precisão para ser resolvido e Claudinha vem desenvolvendo esse papel com maestria na posição que ocupa.

Prestes a se aposentar, Cláudia é uma das mulheres homenageadas pela Câmara Municipal de Ilhabela, nesta terça-feira, por indicação do vereador Gabriel Rocha.

“Externamos nossos mais sinceros agradecimentos por toda sua dedicação, posicionamento, ética, sensibilidade e profissionalismo. Neste dia da mulher, resolvemos manifestar nossa homenagem a esta mulher pelos relevantes serviços prestados à segurança desta cidade”, ressaltou o vereador.