Ilhabela segue monitorando áreas de risco por conta de janeiro "chuvoso"

Ilhabela segue monitorando áreas de risco por conta de janeiro "chuvoso"

As chuvas de janeiro têm sido constantes e deixado as equipes da Defesa Civil em estado de atenção com alertas semanais.A previsão para todo o mês de janeiro era um acumulado de 217 milímetros e até o dia 12 de janeiro já choveu em torno de 114,3 milímetros.Com isso, o monitoramento é feito diariamente, seja em áreas de encostas, estradas e nas chamadas áreas de risco.“Tem sido um janeiro bastante chuvoso e temos atendidos muitas ocorrências, mas sem vítimas. Em casos de perceber qualquer movimentação de terra ou trinca em suas residências, a orientação é deixar o imóvel”, destaca o presidente da Defesa Civil, Ronaldo Alves de Sousa.Segundo o secretário de Governo, Cezar De Tullio, as equipes têm ficado dia e noite de plantão, principalmente quando há alerta de chuvas fortes, como a ocorrida no final do ano passado. “É um trabalho que requer atenção 24 horas e por isso parabenizo os profissionais da Defesa Civil”, disse.Um novo alerta de chuvas intensas foi emitido pela Defesa Civil do Estado entre terça-feira (11/1) até a próxima quinta-feira (13/1) nas regiões do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte com previsão de acumulados de 120 mm.O alerta ressalta que um grande volume de água pode cair em um espaço curto de tempo, com risco de transtornos como deslizamentos, desabamentos, alagamentos, enchentes e ocorrências relacionadas a raios e ventos, principalmente nas regiões mais vulneráveis como as áreas de risco.Para emergências, acione a Defesa Civil pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.