Multicampeão de Ilhabela faz vaquinha online para comprar prótese e voltar a competir

Multicampeão de Ilhabela faz vaquinha online para comprar prótese e voltar a competir

O paratleta Telmo Rodrigues teve sua perna esquerda amputada após um acidente e precisa arrecadar dinheiro para uma nova prótese, já que a atual está danificada e tem gerado muitas quedas, afastamentos do trabalho e impossibilitado sua participação em treinos e competiçõesO paratleta representante de Ilhabela, Telmo Rodrigues, 46, reconhecido na cidade seja por seus inúmeros títulos conquistados, como brasileiros e paulistas de natação em águas abertas, ou por sua inspiradora história de vida, criou uma vaquinha online com o objetivo de arrecadar fundos para uma nova prótese, pois a que possui está o impossibilitando de realizar diversas atividades, como competir, trabalhar e até mesmo caminhar sem cair.”Por isso peço a ajuda de vocês mais uma vez para dar continuidade na minha caminhada. Minha prótese atual está desgastada, machucando o coto e a região da virilha, está sem freio no joelho e sem a capa do pé; o que tem gerado muitas quedas. Preciso mais uma vez da ajuda de vocês para continuar com minha rotina, para eu poder caminhar sem cair, ir para lugares públicos sem me apoiar, ficar em pé sem me machucar, entre outras tantas situações do dia a dia. Além, claro, de continuar trabalhando e competindo! Duas atividades que me geram satisfação e sensação de inclusão social”, declarou o paratleta.A vida de Telmo é sinônimo de superação, em 2016, ele foi atropelado em sua moto por um motorista de carro, que fugiu sem ao menos prestar socorro. Telmo conta que ficou entre a vida e a morte e foi salvo graças a agilidade do atendimento médico e a ajuda de testemunhas.Durante sua internação, foi submetido a três cirurgias, sendo uma delas de amputação da perna esquerda, um pouco acima do joelho, além de ter a escápula e clavícula quebradas e muitas complicações na costela.Mas nenhuma adversidade da vida foi capaz de apagar seus sonhos. Telmo encontrou no esporte e na paixão pela vida, motivos para continuar. Suas vitórias começaram já nas primeiras semanas depois do acidente, com sua recuperação rápida e surpreendente. O paratleta tinha alta hospitalar prevista somente para o ano de 2017, mas se recuperou em menos de 15 dias.“Desde o acidente, foi uma longa jornada de aceitação, adaptação e superação. Graças ao apoio da família e amigos, passei por isso bem e, em apenas três meses após o acidente, já estava na piscina, treinando e competindo. Em março do mesmo ano participei da primeira competição de natação em águas abertas (também conhecidas como maratonas aquáticas) e alcancei um segundo lugar; foi quando decidi pelas competições”, disse Rodrigues.Apaixonado por Ilhabela, O multicampeão faz questão de se dedicar ao máximo e colocar a bandeira da cidade em diversos pódios Brasil a fora. Telmo é paratletas em quatro modalidades: natação em águas abertas (maratonas aquáticas), natação em piscina, canoa polinésia e surfe, destacando-se em todas elas.Seu currículo contém títulos estaduais, brasileiros e regionais na natação em águas abertas e de piscina, além da canoa polinésia. Quatro pratas em Regionais, boa colocação no Sul-Americano de VA’A, quinta colocação no primeiro evento de parasurfe que participou, título por ter sido o primeiro atleta de natação a representar o município nos Jogos Abertos de SP e muito mais.Mas com o estado que se encontra sua prótese atual, Telmo não tem conseguido realizar coisas simples do seu dia a dia, muito menos treinar e competir. Mas você pode ajudá-lo, através de uma doação pela vaquinha virtual, ou compartilhando esse conteúdo para que a vaquinha chegue para mais pessoas.” Em 2017 consegui adquirir minha prótese por meio de ‘vaquinha online’ e após minha reabilitação também pude retomar minhas atividades profissionais e sociais da melhor forma possível. Agradeço a todos que estão colaborando, de alguma forma na minha caminhada, seja doando, compartilhando, enviando boas vibrações. Eu fico realmente muito grato pelo carinho. Todos foram essenciais na minha superação, e são o combustível dela”, completou.Para Telmo, por conta da pandemia que estamos vivendo talvez a arrecadação não chegue ao valor total, mas com certeza será de grande ajuda para que ele possa adquirir o novo conjunto. Os valores dos orçamentos para o mesmo conjunto de prótese que ele usa hoje, variam entre 40 e 60 mil reais. Caso alguma empresa/marca tenha interesse em apoio ou patrocínio, Telmo também é voluntário em projetos esportivos.Caso o valor ultrapasse, o paratleta já sonha em adquirir uma prótese esportiva específica, que permite praticar outros esportes em pé, como surfe, skate, wakeboard, esqui aquático e kitesurfe.Veja como ajudar:Depósito na vaquinha virtual pelo link https://vakinha.bio/2234734, ou conectando ao QR Code. Quem quiser entrar em contato diretamente com Telmo, pode ligar no telefone 12991459620.

Créditos: Matéria Josy Andrade/ Revisão Thalita Rocha

Foto: Arquivo pessoal/ Telmo Rodrigues