Prefeitura de Ilhabela estuda aumentar horário de funcionamento dos postos de saúde e contratar mais médicos para atender casos de síndrome gripal

Prefeitura de Ilhabela estuda aumentar horário de funcionamento dos postos de saúde e contratar mais médicos para atender casos de síndrome gripal

A Prefeitura de Ilhabela tem registrado um aumento crescente da procura por atendimento de pacientes com síndromes gripais.

Em novembro, a média diária de atendimentos nas UBS, Gripário e Hospital Mário Covas era de 99 pacientes. Em dezembro, esse número aumentou para 190 atendimentos/dia.

Dados da Secretaria de Saúde mostram que de 1º de janeiro a 4 de janeiro já foram 481 atendimentos realizados de pacientes com síndrome gripal.

Como os sintomas da gripe são parecidos com a da Covid-19 e da Influenza, os pacientes que vão até as Unidades de Saúde, Gripário ou Hospital Mário Covas realizam teste rápido de antígeno e, em casos positivos, coletam também o exame RT-PCR.

Após esses procedimentos, são medicados e orientados a fazer isolamento em casos mais simples. Os casos mais graves são direcionados ao Gripário Municipal e os que necessitam de internação ao Hospital Mário Covas Junior.

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, informou que já estuda o aumento do horário de atendimento em Unidades de Saúde para atender a demanda. “A procura nos postos está muito grande. Além de estender os horários, estamos negociando a contratação de mais profissionais para a realização de atendimentos. Não queremos deixar as pessoas com muito tempo na espera”, disse.

A Prefeitura de Ilhabela informa que continua a disposição com Posto de Testagem Rápida Covid-19, que estava funcionando no estacionamento do Frade e mudou para o PEII da Barra Velha, na Rua Antônio Carlos Aires da Fé, em frente à Igreja Nossa Senhora Aparecida.  A unidade, que realiza o teste antígeno, funciona das 9h às 17h.

Vacinação

Ilhabela continua com a campanha contra Covid-19 com vacinação da 3ª dose (reforço) para pessoas acima de 18 anos, a partir de 120 dias após a última dose do esquema vacinal (segunda dose), independente do imunizante aplicado, além da 1ª e 2ª dose para pessoas acima de 12 anos.

Quem ainda não se vacinou pode procurar uma Unidade de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, ou o Posto Fixo de Vacinação contra Covid no Espaço Carolina, das 9h às 18h, que fica ao lado do Posto de Saúde do Perequê, na Rua Carolina Vanderstappen, 275, no Perequê.