Prefeitura de Ilhabela realiza reunião com Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo

Prefeitura de Ilhabela realiza reunião com Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo

A Prefeitura de Ilhabela realizou na manhã desta quarta-feira (18), em São Sebastião, uma reunião com o Departamento Hidroviário (DH) do Estado de São Paulo, responsável pela travessia de balsas entre Ilhabela e São Sebastião.

O encontro contou com a participação da secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Luciane Leite, que colocou em pauta o acesso de ônibus, vans e motorhomes, visando dar mais clareza ao regramento de entrada no arquipélago e melhorar a logística da operação.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo produzirá placas de sinalização trilíngue (português, inglês e espanhol) para instalar na área de acesso à Balsa em São Sebastião, informando sobre as regras de entrada em Ilhabela. Na reunião, também foi decidido que serão realizadas aos fins de semana de grande fluxo, ações diretas em apoio ao turista, como disseminação de informações e folheterias com dicas do que fazer na ilha e de como aproveitar a viagem de forma sustentável, valorizando a cultura local e o meio ambiente, sem causar impactos negativos durante a visita.

“Para entrar em Ilhabela, os veículos de fretamentos e motorhomes precisam solicitar autorização da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, 72 h antes da sua chegada à ilha e pagar uma taxa de acesso. Esta taxa pode ser isentada mediante solicitação do hotel, pousada ou camping, onde os passageiros estejam hospedados. Ficou acertado com o DH que será enviada uma listagem semanal com os veículos autorizados a entrar em Ilhabela e também produziremos um informativo sobre a necessidade dessa autorização. Assim, além de termos mais controle sobre quem de fato está autorizado a entrar na ilha, iremos melhorar a logística de acesso e a experiência do visitante”, explicou a secretária.

Além da secretária de turismo, participaram da reunião: Ibsen Trench Gomes (coordenador geral do Departamento Hidroviário), Jansen de Lima Silva (coordenador operacional do Departamento Hidroviário), Sidnei Eduardo Souza (inspetor de arrecadação de pedágio do DH), Woodson Felix (encarregado de arrecadação da DK consultoria), Tainan Tavolaro Moreira (coordenador do Consórcio Balsa Nova) e Samuel de Moraes (coordenador operacional do Consórcio Balsa Nova)