Primeira baleia-jubarte da temporada 2022 é avistada no sul de Ilhabela

Primeira baleia-jubarte da temporada 2022 é avistada no sul de Ilhabela

Ilhabela registrou nesta sexta-feira (8) a primeira jubarte a passar pelas águas da cidade na temporada 2022. A avistagem foi realizada pela equipe de biólogas do VIVA Instituto Verde Azul a partir do observatório de pesquisa em Borrifos, no Sul de Ilhabela, que realizam o projeto de pesquisa e educação “Ilhabela, mar de baleias, golfinhos e cia”.

O registro foi feito um dia antes do primeiro ocorrido no ano passado, o que gera a expectativa de que esta temporada seja tão boa quanto a de 2021.

Na temporada anterior as primeiras baleias se adiantaram e chegaram em abril, em maio já era relativamente frequente o show de saltos no canal, e em outubro ainda era possível se deparar com alguns destes seres fantásticos ao longo da costa de Ilhabela.

Para o Prefeito Toninho Colucci, a expectativa é muito boa este ano. “No ano passado tivemos um recorde de baleias-jubarte em Ilhabela, foram 125 registros, o que corresponde a cerca de 300 baleias. Temos importantes organizações pesquisando os cetáceos na cidade, como o VIVA Instituto Verde Azul e o Projeto Baleia à Vista, e neste ano nos tornamos a primeira base do Instituto Baleia Jubarte no Sudeste do Brasil. Posso afirmar com toda a convicção, não tem nada igual sendo feito na região, por isso Ilhabela é referência da observação de baleias e golfinhos no Estado de São Paulo e um dos principais destinos do país neste segmento”.

A secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luciane Leite, destaca a importância de trabalhar a estruturação deste segmento alinhando educação ambiental, pesquisa e promoção turística. “A observação de cetáceos é uma atividade que encanta a todos, basta falar que tem baleias e golfinhos em Ilhabela que os olhos das pessoas brilham. Estamos trabalhando com responsabilidade, de forma sustentável, para contribuir com a conservação destes seres incríveis e, ao mesmo tempo, podermos proporcionar uma experiência única a nossos turistas”.

José Truda, Coordenador de Desenvolvimento Institucional do Instituto Baleia Jubarte, está otimista. “O retorno das jubartes a Ilhabela na data aproximada do ano passado nos dá a expectativa de uma ótima temporada de baleias em 2022, e confirma o acerto de nossa decisão em estabelecer uma nova base no município, para somar esforços na pesquisa, conservação e consolidação do turismo de observação dessa espécie ímpar de forma sustentável”.

O ponto alto da temporada das jubartes em Ilhabela costuma ser entre junho e agosto, período em que estes grandes mamíferos estão passando por aqui, percorrendo cerca de 5.000 km desde a região subantártica, onde se alimentam, até a Bahia, onde se reproduzem. Ao todo, a ilha é visitada por 12 espécies de baleias e golfinhos, algumas como a baleia-tropical (Bryde) e as toninhas frequentam a região o ano todo. Esta grande biodiversidade é um verdadeiro diferencial para Ilhabela. Existem agências de receptivo na cidade qualificadas para este tipo de passeio, prontas para encantar o turista com as riquezas naturais do arquipélago.