Vereador Felipe Gomes busca política participativa nas ações da Câmara

Vereador Felipe Gomes busca política participativa nas ações da Câmara

O vereador Felipe Gomes (Republicanos) está em seu primeiro mandato e busca engajamento da sociedade para construir uma política participativa. Durante a tribuna da última sessão (29/6) antes do recesso de julho, o parlamentar destacou as ações do primeiro semestre, enfatizando as reuniões com comissões de moradores, entidades de classes e grupos orgnanizados que resultaram em indicações, requerimentos e projetos de lei.

“Todas as nossas pautas foram construídas em conjunto com grupos de pessoas, pois acreditamos que esse é o caminho, somos a voz da população dentro da Câmara. O que as pessoas mais reclamam é que o vereador não vai ao encontro delas. Tenho visto que nesta legislatura, estamos fazendo diferente. Então quando o vereador encaminha um requerimento ou indicação ao Executivo é porque isso é reflexo da necessidade da população”, declarou Felipe Gomes.

Neste primeiro semestre de 2021, temas como saneamento básico, educação, esporte, saúde e meio ambiente sempre foram pautados pelo vereador. “A efetivação do Fundo Municipal de Saneamento Ambiental é algo que estamos sempre questionando, pois trará muitos benefícios para os bairros, principalmente com a possibilidade de ajuda de custo nas obras de ligação à rede coletora de esgoto. Outro ponto importante são as estações terciárias que precisam caminhar”, comenta.

Os serviços públicos foram temas de indicações para limpeza, manutenção de ruas e iluminação pública. Os contratos com a Sabesp e com a Santa Casa também mereceram atenção do parlamentar que acompanha as prestações de conta.

Através de requerimentos e reuniões com secretários municipais também buscou informações sobre descentralização das escolinhas esportivas, manutenção e término de quadras e campos, bolsa de estudos, implantação dos cursos técnicos da ETEC, entre outros.

Duas leis apresentadas pelo parlamentar foram sancionadas e estão vigorando em Ilhabela. A lei 1.471 modifica artigos e atualiza a lei 903/2015 que cria o Conselho Municipal da Juventude com o objetivo de tornar esse espaço de diálogo com o jovem uma realidade.

Já a lei nº 1.474/2021 dispõe sobre a padronização dos uniformes dos atletas e servidores públicos, evitando a utilização de símbolo, logomarca ou slogan que remetam a qualquer administração ou gestor público.

Está tramitando o projeto de lei nº 45/2021 que prevê treinamento em noções básicas de primeiros socorros para mães e pais de recém-nascidos antes da alta na maternidade.

Felipe também presidiu a Comissão de Assuntos Relevantes da Covid-19 na Câmara, trazendo para discussão reivindicações importantes como a vacinação dos profissionais da educação, fiscais e agentes de endemias, adesão do consórcio para compra de vacinas, barreira sanitária na balsa e ainda cobrou o governo do Estado quanto ao envio de doses suficientes para a população de Ilhabela.

As matérias do vereador e as respostas do Executivo podem ser consultadas no Drive https://bit.ly/3w7VKS9